Sociedade


História


Temos assistido nestes últimos anos a um progressivo desenvolvimento da Coloproctologia, constituindo-se Sociedades na grande maioria dos países da Europa.

Neste sentido, um grupo de Sócios Titulares da Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa, propôs em Fevereiro de 1988 a formação da "Sociedade Portuguesa de Coloproctologia" (SPCP), como secção da S.C.M.L" que na Assembleia Gera! de 26/07/88 aprovou por unanimidade a sua criação.

Os seus Estatutos foram aprovados na 1.0 Assembleia Geral realizada em Lisboa a 28/10/89 e os seus Corpos Sociais eleitos a 10/03/90 em Coimbra.

De acordo com estes Estatutos, a SPCP tem como objectivos:
• Promover o desenvolvimento da Coloproctologia ao Serviço da Saúde da população portuguesa.
• Estimular o trabalho clínico, a nível assistencial, do ensino e da investigação, no domínio da Coloproctologia.
• Difundir a actualização dos conhecimentos e trabalhos em matéria de Coloproctologia.
• Promover o intercâmbio Nacional e Internacional entre os diversos Profissionais ligados a esta actividade especializada.
• Desenvolver actividades educacionais conducentes à formação e aperfeiçoamento no domínio das afecções do Cólon, Recto e Ânus.
• Estudar aspectos sociais das doenças Coloproctológicas, da profilaxia, Assistência e apoio a estes doentes.

As sucessivas direcções da SPCP têm-se empenhado em promover o intercâmbio Nacional e Internacional entre os profissionais ligados a esta actividade especializada, desenvolvendo actividades educacionais no domínio da Coloproctologia em acção informativa e formativa.

Caminha a Sociedade para uma autonomização, prevendo-se que seja breve o processo de legalização como Sociedade independente da SCML.

No seguimento deste programa de intervenção, decidiu a Direcção da Sociedade Portuguesa de Coloproctologia editar um Portal na Internet, essencialmente destinado a constituir um veículo de comunicação com todos os Sócios os diversos profissionais de Saúde e o Público em Geral, pretendendo-se urna correcta informação e uma fácil participação nas actividades da Sociedade.